Cabecalho20224


 


 

BaanderiaStrupCarrisApesar das insistências do STRUP/FECTRANS, para que o C.A. dê início ao processo de revisão do AE para 2024, na Carris, CarrisBus e CarrisTur até à presente data não o fez.

Findo o prazo estabelecido nos AE’s, para o início da sua revisão, solicitámos aos serviços do Ministério do Trabalho, a abertura de processos de conciliação. Estes serviços já notificaram as partes para uma reunião no dia 27/02 às 1030h para o processo da Carris, e no mesmo dia, às 14.30 para o início do processo da CarrisBus. A reunião para início do processo da CarrisTur foi marcada para dia 28/02 às 10.30 h, todas no Ministério do Trabalho.

Para quem, como o C.A., terminou o processo de 2023, empurrando para 2024 uma maior recuperação do poder de compra perdido pelos trabalhadores, começa muito mal. O STRUP- FECTRANS manterá toda a disponibilidade para que os processos de negociação decorram de forma directa com a administração.

Esperamos que a estratégia do C.A. de protelamento do início das negociações para 2024 na Carris e suas participadas seja agora abandonada e o C.A., adopte uma atitude de reconhecimento da necessidade da rápida melhoria das condições de trabalho e do aumento real e substancial dos salários.

Aliás para além das declarações do seu presidente em várias alturas e como o C.A. fez inscrever no seu Plano de Actividades e Orçamento (PAO) para 2024, (este instrumento de gestão) “apresenta um forte investimento na formação e requalificação dos seus quadros, como também na melhoria das condições de trabalho e retributivas dos trabalhadores…”.

Estaremos neste processo negocial, para exigir que o C.A. não se fique pelas palavras. A valorização dos salários, e a evolução para as 35 horas semanais, que o C.A. em 2023, “empurrou” para a discussão em 2024, será retomada pelo STRUP-FECTRANS. Tal como não deixaremos de exigir a rápida integração os trabalhadores da CarrisBus na Carris, que o “PAO”, define como para preparar durante o ano de 2024.

Nos termos das propostas entregues para negociação na Carris, CarrisBus e CarrisTur, depois de discutidas em plenários com os trabalhadores, e que podem ser consultadas nas Estações, defenderemos fundamentalmente a introdução em 2024 do processo de redução para as 35 horas semanais e aumentos salariais no mínimo de 150 €, para possibilitar a perda do poder de compra, em resultado da inflação que há muito já comeu as actualizações verificadas, nos últimos anos.

Não temos dúvidas, que como sempre, será a unidade dos trabalhadores que determinará o ponto de chegada destes processos.

Leia aqui o comunicado STRUP/FECTRANS --- >>>

Agenda

fevereiro 2024
D Sb
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 1 2

Sindicaliza-te

LOGOTIPO SINDICALIZACAO

Formação

FormacaoProfissional2021

Pesquisar

Informação por email

IPTRANS - Formação

IPTrans formação 2023 2024

Ponto Seguro

ponto seguro

Visitantes

Temos 236 visitantes e 0 membros em linha

Visualizações de artigos
3596148

 Av. Álvares Cabral 19, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt