Cabecalho Sindicaliza Te 2020


 

IPNa reunião de hoje, com vista à discussão da revisão do ACT, o governo/administração fez uma proposta de aumentos por escalonamento, que continua a não compensar os trabalhadores na perda de poder de compra ao longo dos anos, embora sempre condicionada à aceitação do próximo governo e após inclusão no Orçamento do Estado.

Desde 2018 que os trabalhadores do grupo IP não têm aumento dos salários, mas a proposta agora apresentada fica aquém da inflação acumulada nestes anos e se o próximo governo aceitasse um eventual acordo firmado agora, seria apenas para 2022, deixando o ano de 2021, novamente sem qualquer aumento.

O que o governo/administração propõe aos trabalhadores do grupo IP é, “assinem lá este pouco que vos quero dar, mas depois fiquem à espera do futuro, ou seja, se eu for governo isto é garantido, se não for, logo se vê”.

Tem o governo/administração a intenção que os trabalhadores sejam um instrumento da sua campanha eleitoral? Se não que assuma, desde já, que no caso de haver acordo ele é para aplicação imediata e sem condicionalismos!

Os trabalhadores não podem ceder a chantagens com promessas eleitoralistas e exigem aumentos dignos com aplicação imediata!

Agenda

janeiro 2022
D Sb
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5

Informação por email

Videos CGTP-IN

Sindicaliza-te

LOGOTIPO SINDICALIZACAO

Formação

FormacaoProfissional2021

IPTRANS

logo iptOferta Formativa

Veja aqui ------>>>>>>

Visitantes

Temos 140 visitantes e 0 membros em linha

Visualizações de artigos
2001148

 Av. Álvares Cabral 19, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2022 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.