Cabecalho Sindicaliza Te 2020


 

GreveSectorRodoviárioPassageiros22Nov 02Dez

Após a entrega do pré-aviso de greve para o sector privado rodoviário de passageiros, o patronato (ANTROP e TRANSDEV) apressaram-se a desmarcar, ou adiar as reuniões agendadas, afirmando ao mesmo tempo que têm interesse em negociar, pelo que a pergunta é: “Então porque não o fazem?”.

O patronato faz propostas convergentes de 0,33€/dia (10€ por mês), já absorvidos pelo valor que o governo está a anunciar para o SMN - Salário Mínimo Nacional e esperam que os trabalhadores fiquem contentes?

O que seria normal, era perante um conflito, tudo fazerem para o evitarem, mas não, o que querem é impor negociação na base de valores já absorvidos pelo anunciado para o SMN - Salário Mínimo Nacional para 2022, impondo que os trabalhadores não façam greve. Porque têm medo de negociar sem limitações? Ou será que lhes interessa uma realidade de salário mínimo, para depois obterem apoios do Estado quando o governo decidir novos aumentos do SMN?

Se não querem lutas no sector, só tem um caminho, negociar para as evitar e se tiverem vontade disso, ainda há condições de evitar o próximo ciclo de greves, basta terem em conta a proposta sindical comum que foi apresentada.

Tradutor

Agenda

dezembro 2021
D Sb
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1

Informação por email

Videos CGTP-IN

Sindicaliza-te

LOGOTIPO SINDICALIZACAO

Formação

FormacaoProfissional2021

IPTRANS

logo iptOferta Formativa

Veja aqui ------>>>>>>

Visitantes

Temos 131 visitantes e 0 membros em linha

Visualizações de artigos
1920006

 Av. Álvares Cabral 19, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2021 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.