CabecalhoSiteFectrans4.png
#gruemenu.grue

Tradutor

ptenfrdees

Agenda

fevereiro 2018
D Sb
28 29 30 31 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 1 2 3

Video

Visitantes

Temos 640 visitantes e 0 membros em linha

MarchaContraPrivatizacaoO veto do PR sobre a lei aprovada na Assembleia da República, que introduziu alterações ao Decreto-Lei da municipalização da Carris, demonstra que o PR é de pouco afectos com a opção de defender o direito público de transporte no quadro de empresas públicas que sirvam os interesses do país e dos utentes.

O motivo do veto, que não se centra em qualquer análise de inconstitucionalidade,  é o da impossibilidade da CML poder vir a entregar a Carris e suas empresas a privados, conforme propôs o PCP e a maioria da Assembleia da República aprovou, o que demonstra que o PR tem uma opção política com a qual a FECTRANS não concorda.

A FECTRANS e o seu Sindicato na empresa tudo fará para ajudar a que a Assembleia da República reconfirme o conteúdo da Lei e que, dessa forma, se garanta no futuro, que a opção que consideramos errada de municipalização da Carris, seja melhorada e que garanta agora e no futuro o controlo público da empresa e que assim se garanta um verdadeiro serviço público que a cidade e a região metropolitana precisa.

Informação por email

Instante sindical

Instante sindical

Aplicação Telemóvel

Instale a aplicação FECTRANS para telemóvel. Use um leitor de QR code ou acesse AQUI pelo telemóvel

App

Parentalidade

parentalidade botao

Ponto Seguro

ponto seguro