#gruemenu.grue

Geral

EntregaPeticao13Abr2016“Aguarda deliberação sobre a sua admissibilidade” é a informação que consta no sitio do parlamento na Internet, relativamente à petição entregue na Assembleia da República, no dia 13 de Abril do corrente ano, o que demonstra que esta, ao contrário de outras que deram entrada depois, se encontra parada e “esquecida” na Comissão Parlamentar do Trabalho e Segurança Social presidida pelo deputado Feliciano Barreiras Duarte do PSD.

Ler mais...

ManifUtentesTrab 22Set2016Para exigir medidas concretas que invertam o caminho de degradação do serviço público de transportes e na defesa do alargamento da oferta, da melhoria da qualidade e segurança do transporte público e com preços acessíveis, trabalhadores e utentes concentraram-se e manifestaram-se, hoje, na cidade de Lisboa, onde aprovaram a seguinte moção para entregar ao governo:

Ler mais...

Concentracao22Set2016Nesta semana da mobilidade temos assistido a um conjunto de bonitas declarações quanto ao incentivo do transporte público, mas não vimos nenhuma medida efectiva para melhorar o serviço prestado pelas empresas públicas, nomeadamente através da reparação do manterial circulante – comboios, barcos e navios -, aumentando assim a oferta de serviços, através da admissão dos trabalhadores em falta e dotando as empresas de todos os meios necessários para a prestação de um serviço público de qualidade e seguro.

Ler mais...

MinisterioDasFinanças20Set201601Defendemos o carácter público das empresas de transportes, pilar de uma mobilidade sustentável, suporte do desenvolvimento do País, contribuindo para a saúde pública, a independência energética, o ambiente qualificado e uma melhor qualidade de vida das populações. Defendemos que o serviço público prestado pelas empresas públicas de transporte constitua um padrão de qualidade que leve à elevação dos padrões de serviço de todo o sistema de transportes, foi o que dissemos, hoje, ao Ministro das Finanças, quando lhe entregamos uma carta aberta assinada pela FECTRANS e seus Sindicatos, conjuntamente com Comissões de Trabalhadores das empresas públicas do sector.

Carta Aberta ao Ministro das Finanças

Ler mais...

Concentracao22Set2016Estamos fartos de promessas e desculpas, queremos respostas urgentes! Respostas que podem ser dadas já, e devem ser dadas já. Respostas que acabem com os tempos de espera excessivos, com os preços abusivos, com a degradação da qualidade, da fiabilidade e da segurança. Queremos um sistema público de transportes públicos acessível e de qualidade, e vamos lutar por ele!

Todos na Concentração dia 22 Set. às 18h no Cais do Sodré

RoteiroPrecariedade 19Set20162Hoje realizámos um roteiro por algumas empresas de transportes na região de Lisboa, - EMEF, Transtejo/Soflusa, Metropolitano de Lisboa, CarrisTur, onde a precariedade no trabalho e degradação do serviço público se tem acentuado nos últimos tempos, confirmando que, a precariedade no trabalho, na esmagadora maioria das vezes ilegal, está a aumentar no sector, ao mesmo tempo que se degrada o serviço público aos cidadãos.

Ler mais...

ML AtrasosA FECTRANS adere e apoia a acção de protesto da Comissão de Utentes dos Transportes de Lisboa, marcada para o dia 22 de Setembro, às 18h, no Cais do Sodré, para exigir um melhor serviço público de transportes e divulgada através do seguinte comunicado

Comunicado CUTL

Motorista1A FECTRANS e os seus sindicatos estão a dinamizar uma petição à Assembleia da República, porque a publicação do decreto Lei 40/2016 não veio resolver o problema de fundo, que passa pela possibilidade legal dos trabalhadores motoristas e os outros que têm limites de idade para o exercício da profissão, a terem acesso mais cedo à idade de reforma, antes pelo contrário, veio aumentar os anos de atividade de uma profissão, que se reconhece ser de desgaste físico e psíquico, que conduz a que uma percentagem elevada destes profissionais não consiga atingir a idade legal de reforma,

Petição que pode ser assinada e enviada à FECTRANS

Petição em formato digital

publico e de todosA noticia do veto do Presidente da República relativamente às alterações dos estatutos da STCP e Metro do Porto, só pode ser entendido como um veto a um serviço público de transportes, que sirva os interesses dos utentes e que vem ao arrepio dos compromissos assumidos no quadro da actual maioria parlamentar, com os trabalhadores e populações da região do Porto.

Ler mais...

Tradutor

enfrdeitptrues

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 100 visitantes e 0 membros em linha

Informação email

Agenda

No mês passado junho 2018 Próximo mês
D Sb
week 22 1 2
week 23 3 4 5 6 7 8 9
week 24 10 11 12 13 14 15 16
week 25 17 18 19 20 21 22 23
week 26 24 25 26 27 28 29 30

Guia da parentalidade

Ponto Seguro