Cabecalho Sindicaliza Te 2020


 

LayOffNaoMAIS TRANSPORTES PARA OS UTENTES

FIM DO LAY-OFF PARA OS TRABALHADORES

Concentração em frente à residência do 1º Ministro - 24 de Junho 2020 – 17h30m

No momento de desconfinamento em que nos encontramos, com as medidas de saúde e segurança definidas pela DGS, os utentes dos transportes públicos vêem-se confrontados com uma oferta que não assegura o preconizado pelo Governo e pela DGS. Apesar da falta de oferta continuam na situação de lay-off milhares de trabalhadores das empresas privadas rodoviárias de passageiros, o que provoca uma diminuição inaceitável do número de autocarros em circulação.

É justo que cresçam as razões de protesto dos utentes e dos trabalhadores! Uns porque são forçados a viajar em transportes sobrelotados; outros porque continuam com uma drástica redução dos seus salários e tudo isto, enquanto os grupos Barraqueiro/Arriva, Transdev e Arriva continuam a ser pagos como se estivessem a assegurar o serviço contratualizado antes da pandemia. Dito de outra forma, não efectuam os serviços a que estão obrigados com a conivência activa do governo.

Por outro lado, com o surto pandémico sobressaíram os problemas estruturais no sector dos transportes – falta de trabalhadores e investimento nas empresas públicas e as consequências do desmantelamento da Rodoviária Nacional. Na falta de uma empresa pública de transporte rodoviário de passageiros, as várias empresas privadas que monopolizam o sector usam os utentes e os trabalhadores como reféns, prejudicando os seus direitos, chantageando permanentemente o Governo para que ceda às suas exigências: mais dinheiro público para cada vez menos serviços.

No exacto momento em que ainda é mais necessário aumentar a oferta o primeiro ministro desvalorizou o problema da falta de transportes, revelando ou um enorme desconhecimento da realidade, ou uma manifesta insensibilidade para com a grave situação com que se confrontam milhares de portugueses que todos os dias tem que se deslocar em transportes públicos para ir trabalhar

Para os trabalhadores e os utentes, os problemas de sobrelotação não se circunscrevem unicamente, como alega o Governo, ao comboio das 6h36m da linha de Sintra - são também os barcos e os autocarros que cada vez mais excedem a lotação de 2/3.

Para exigir a reposição de toda oferta de transportes, o fim do lay-off nas empresas e a implementação de medidas que visem responder aos problemas estruturais – mais frotas e mais trabalhadores – as organizações de trabalhadores e de utentes, realizam uma concentração no próximo dia 24 de Junho pelas 17:30 em frente à residência oficial do Primeiro Ministro (Rua da Imprensa à Estrela/Rua Borges Carneiro), que respeitará todas a normas emanadas da DGS no âmbito do combate à COVID 19.

Lisboa, 18 de Junho

Organizações de Trabalhadores

FECTRANS – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações

STRUP – Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários e Urbanos de Portugal

SNTSF – Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário

STFCMM – Sindicato dos Transportes Fluviais, Costeiros e da Marinha Mercante

SIMAMEVIP - Sindicato dos Trabalhadores da Marinha Mercante, Agências de Viagem, Transitário e Pesca

USL – União dos Sindicatos de Lisboa

USS – União dos Sindicatos de Setúbal

CT da CP - Comissão de Trabalhadores da CP

CT ML – Comissão de Trabalhadores do Metropolitano de Lisboa

CT da IP – Comissão de Trabalhadores das Infraestruturas de Portugal

CT dos TST – Comissão de Trabalhadores dos Transportes Sul do Tejo

Organizações de utentes

MUSP – Movimentos dos Utentes dos Serviços Públicos

CULS - Comissão de Utentes da Linha de Sintra

CUSPB - Comissão de Utentes de Serviços Públicos - Barreiro

CUTMS - Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul

CUL - Comissão de Utentes de Transportes de Lisboa

CUTS - Comissão de Utentes de Transportes do Seixal

CUTPRM - Comissão de Utentes de Transportes Públicos Rodoviários do Montijo

CUTPS - Comissão de Utentes dos Transportes Públicos de Sacavém

CUTC – Comissão de Utentes dos Transportes de Cascais

Tradutor

Agenda

julho 2020
D Sb
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1

Informação por email

Sindicaliza-te

LOGOTIPO SINDICALIZACAO

Videos

IPTRANS

logo iptOferta Formativa

Veja aqui ------>>>>>>

Visitantes

Temos 71 visitantes e 0 membros em linha

Hoje
Ontem
Semana
3451
4049
29514

Estatistica

Visualizações de artigos
1131020



 Av. Álvares Cabral 19, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2020 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.