publico e de todosO Conselho de Ministros decidiu, hoje, substituir a administração conjunta da Carris, Metro, Transtejo e Soflusa, uma decisão positiva tendo em conta o clima de permanente conflito provocado pela administração demitida.

Sendo uma medida positiva, ela, no entanto, não pode ficar por aqui e, entendemos que a nova administração tem que dar provas de querer alterar o tipo de relacionamento com os trabalhadores, decidindo de imediato anular as propostas de caducidade dos AEs nestas quatro empresas e a mandar arquivar os processos disciplinares decorrentes do exercício de direitos sindicais e laborais.

Com estas medidas termos, certamente, melhores condições para iniciar um processo colectiva em cada uma das empresas, que tenha como objectivo a reposição dos salários e o seu aumento, assim como a reposição dos direitos e da contratação suspensa pelas normas do Orçamento do Estado e pelo decreto lei 133/2013.

Tradução

ptenfrdeitrues

Protocolo

4º Congresso

Visitantes

Temos 86 visitantes e 0 membros em linha