NaviosFunchal PortoA FECTRANS esteve, ontem 8 de Março, com alguns tripulantes dos navios Funchal e Porto que se encontram atracados de "braço dado" no cais da matinha no porto de Lisboa, encontro esse, em que esteve também uma delegação dos deputados do PCP na Assembleia da República, para se inteirar das condições com que estes trabalhadores se debatem e da situação de salários em atraso.

Nesta reunião fomos confrontados com condições de trabalho e de habitabilidade muito precárias a que acresce a ausência de meios, particularmente combustível e água, para as tripulações puderem garantir a sua própria segurança e a dos navios. A agravar esta situação as tripulações estão sem salário desde Dezembro último inclusive, razão principal que determinou a presença da FECTRANS para manifestar não só a solidariedade aos trabalhadores mas também transformar em denúncia esta situação perante o Governo, a Capitania do Porto, a Administração do Porto de Lisboa e o representante do armamento dos navios de forma  a restabelecer as condições contratuais e de segurança.

Tradução

ptenfrdeitrues

Na Estrada da Luta

Boletim Na Estrada da Luta Numero 02 de Maio de 2019

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 45 visitantes e 0 membros em linha