ManifTranstejo SoflusaA FECTRANS realiza no próximo dia 4 de Maio, pelas 14 horas, uma reunião de quadros sindicais da Soflusa e Transtejo para discutir a situação criada pela opção do Governo do PS procurar resolver um problema numa das empresas com a discriminação de todos os trabalhadores das duas.

Os Sindicatos da FECTRANS/CGTP-IN, não se oposeram a uma solução parcial, desde que inserida numa negociação global que tenha em conta as várias expectativas geradas entre os trabalhadores, pelo que considerara que a proposta de acordo apresentada pela Administração, por escrito, no passado dia 30 de Maio, seria (e continua a ser) uma base de trabalho, que pode constituir o princípio da concretização de uma profunda abordagem dos problemas e das reivindicações dos trabalhadores, que se traduza numa justa valorização das condições de todos os trabalhadores das duas empresas.

O tempo vai demonstrar se o governo não preferiu uma solução, que discrimina trabalhadores, para pressionar um conflito laboral latente e assim desviar as suas atenções da situação caótica que está o transporte fluvial, em virtude da falta de respostas para o problemas de agora e que, mesmo sem conflitos laborais, provocam constrangimentos no funcionamento das duas empresas.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 101 visitantes e 0 membros em linha