#gruemenu.grue

Ferroviário

CartazGreveIP2Abril20181Perante a afirmação da administração da IP, de que não tinha autorização para negociar aumentos salariais, nem teve qualquer autorização para as propostas antes apresentadas e após nos dizerem no Ministério da Tutela que a solução tem que ser negociada com a administração, as organizações de trabalhadores enviaram uma carta ao primeiro-ministro.

Ler mais...

Ocupemos as EscadinhasNa continuação da luta pelo aumento dos salários, os trabalhadores das EMEF, empresa do grupo CP, vão estar amanhã, a partir das 10,30h, em frente à administração desta empresa, numa acção denominada “Ocupemos as escadinhas”.

Ler mais...

CartazGreveIP2Abril2018O que a empresa fez na última reunião, foi passar responsabilidade para a tutela (a mesma que diz que as soluções têm que ser negociadas com a administração) quando diz que: “não temos autorização para actualizar salários, entendam-se com quem de direito”.

Comunicado conjunto

IP MinisterioPIRepresentantes dos trabalhadores da IP – Sindicatos e Comissão de Trabalhadores – concentraram-se, hoje, em frente ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, onde transmitiram todo o seu empenho para se encontrar uma solução que conduza ao aumento dos salários dos trabalhadores.

Ler mais...

Ocupemos as EscadinhasVamos prosseguir a luta em frente à administração da CP, para exigir desta que dê ordens aos administradores da EMEF, para que procedam ao aumento dos salários dos trabalhadores desta empresa.

Comunicado conjunto

QueremosSalarioEm 2016, os resultados consolidados da IP – todas as empresas – foram de 37,65 milhões de euros -, o que significou um aumento de 123% relativamente ao ano anterior e nas noticias de início de ano dizia-se que referente ao ano de 2017 “Lucros da IP sobem 230% para 92 milhões até Setembro”. Que retorno tiveram os trabalhadores destes lucros? Nenhum!

Comunicado conjunto

QueremosSalarioAs organizações de trabalhadores da IP, em reunião hoje realizada, aprovaram um conjunto de acções para continuar a luta em defesa das reivindicações que estiveram na base da grande greve do passado dia 12 de Março, acções essas na forma de pedido de reuniões à Secretaria de Estado das Infraestruturas e ao Presidente do CA da IP, mas decidiram igualmente se necessário, realizar uma concentração de activistas no dia 22 às 14,30 em frene ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas e realizar uma nova greve no dia 2 de Abril.

Comunicado conjunto

AumentoDosSaláriosDecorre desde o passado dia 12 uma luta em todos os locais de trabalho da EMEF, com paralisações nas oficinas de Guifões e Contumil, com adesões na ordem dos 90% e que continua amanhã e depois com greves parciais nas oficinas de Lisboa, Porto, Entroncamento e com plenários nestes locais e também no Barreiro, onde os trabalhadores decidirão a continuação da luta em defesa das suas reivindicações.

Ler mais...

GreveIPOs trabalhadores das empresas do universo da IP (IP–Infraestruturas de Portugal; IP-Engenharia; IP-Telecom: IP-Património) estão hoje a dar uma forte resposta à intransigência da administração destas empresas, que se recusou a encontrar uma solução para evitar a greve e o agravamento do conflito.

Ler mais...

JusticaPerante o acórdão de serviços mínimos a administração da IP procedeu à nomeação de trabalhadores de forma ilegal, pelo que todos os trabalhadores que, ontem (sábado), receberam cartas de nomeação para serviços mínimos, não estão obrigados a nada, porque essa nomeação foi feita de forma ilegal.

Ler mais...

AumentoDosSaláriosA CP publicita e divulga a melhoria dos seus resultados. A EMEF irá apresentar lucros de mais de 6 milhões, mas os trabalhadores da empresa que tiveram um papel fundamental para os resultados da CP e para os lucros da EMEF continuam com salários de 2009.

Comunicado SNTSF/EMEF

Tradução

ptenfrdeitrues

Noticias do sector

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 79 visitantes e 0 membros em linha