Ferroviário

AE forcaLei1Conforme estava previsto, realizou-se hoje a primeira reunião de um processo de negociação com a CP, que tem como primeiro tema a discussão sobre o Regulamento de Concessóes para o integrar na convenção colectiva.

Ler mais...

AumentoDosSaláriosHoje a comunicação social destaca a decisão da administração da CP de ter procedido ao aumentado salarial de 15 quadros, o que demonstra que estão afastados os impedimentos que fazem com os ferroviários desta empresa estejam em 2016 a trabalhar com salários de 2009, pelo que depois desta medida, só resta à mesma administração proceder ao aumento salarial dos outros 2 625 trabalhadores da empresa, o que poderá até ser feito sem qualquer conflito, se em coerência com os aumentos aos quadros, se proceder a um igual aumento percentual para os restantes.

Ler mais...

FusaoREFER IPAs organizações sindicais filiadas na CGTP-IN desde o início que denunciaram o processo de fusão da REFER com a EP, de que resultou a agora Infraestruturas de Portugal, SA, porque esta medida do anterior governo, confirmada pelo actual, não visa acrescentar mais valias às infraestruturas ferroviárias e rodoviárias e melhorar, ou desenvolver, um serviço público ao serviço do País e dos portugueses.

Comunicado conjunto Fectrans e Federação da Função Pública

CP MSCEstava uma reunião marcada para hoje, dia 7 de Abril que, entretanto, foi alterada para o dia 26 por decisão da administração da empresa, pelo que atrasa a discussão de diversos problemas que estão em discussão, assim como a questão referente à negociação colectiva.

Comunicado SNTSF

ConcentracaoEMEF20160404Dirigentes, delgados sindicais e membros da Comissão de Trabalhadores da EMEF, reuniram hoje em Lisboa, na junto à sede da CP e aprovaram uma resolução, foi reafirmado a reivindicação de medidas concretas para a empresa no que concerne à admissão de trabalhadores, ao funcionamento da empresa e à contratação colectiva e foi decidido realizar na primeira quinzena de Maio, uma concentração nacional de trabalhadores, junto ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, caso estas reivindicações não tenham resposta por parte do Governo, Administração da CP e Administração da EMEF.

Resolução aprovada

EmefGuifoesEMEF é a única empresa em Portugal com capacidade para garantir não só o conforto dos passageiros do transporte ferroviário, mas acima de tudo garantir a sua segurança e do material circulante (manutenção, reparação e construção), a preços muito competitivos, ao contrário de algumas multinacionais que mais não fazem do que sorver dinheiro ao erário público - aos contribuintes.

Comunicado à população

LutaEMEF2014Correspondendo à reivindicação de que trabalhador precário a ocupar posto de trabalho permanente, deve ser trabalhador efectivo, a administração da EMEF acaba de passar a efectivos os trabalhadores com vínculo precários na oficina de Guifões, medida que consideramos positiva, mas que não pode constituir uma excepção à regra que se está a implementar que, em vez de se admitirem os trabalhadores necessários, opta-se pela admissão de trabalhadores precários através de empresas de trabalho temporário.

Ler mais...

LutaEMEF2014Em defesa da EMEF o SNTSF/FECTRANS e a Comissão de trabalhadores da EMEF vão realizar, no próximo dia 4 de Abril, uma concentração de activistas sindicais e membros da CT, em frente à sede da CP, para exigir que sejam adoptadas as medidas necessárias para garantir que a EMEF se desenvolva e garanta o seu papel fundamental para um transporte ferroviário de qualidade, seguro e fiável.

Comunicado SNTSF e CT da EMEF

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Visitantes

Temos 590 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo