cabecalho1


 

ViaPortoA ViaPorto empresa do grupo Barraqueiro/Arriva fez uma comunicação aos trabalhadores a informar que, no actual contexto, os trabalhadores não essenciais à satisfação dos serviços essenciais, podem optar por dispensas  remuneradas, desde que depois fiquem disponíveis para executarem trabalho extraordinário até 31 de Dezembro de 2021 de modo a que “paguem” os períodos de dispensa utlizados.

Mais adianta que, os trabalhadores que optarem por estas dispensas “remuneradas” têm que estar disponíveis para prestarem trabalho suplementar sempre que convocados para o efeito até ao máximo de 3 serviços por mês a prestar em dias de descanso semanal.

Com esta bondade toda a ViPorto do grupo Barraqueiro/Arriva pretende criar um banco de horas para utilizar sempre que quiser, sem ter em conta a conjugação do trabalho com a vida pessoal dos trabalhadores.

Esta é uma empresa que opera para a Metro do Porto, sem ter qualquer custo de operação, de um grupo que acumula lucros e que apesar do contexto que se vive, continua a receber do estado para prestar o serviço público, mas não deixa de criar uma medida que no futuro lhe dará muito jeito de modo a reduzir os custos do trabalho.

Tradutor

Agenda

maio 2020
D Sb
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Informação por email

Videos

Visitantes

Temos 62 visitantes e 0 membros em linha

Hoje
Ontem
Semana
541
3683
28495

Estatistica

Visualizações de artigos
1070549



 Av. Álvares Cabral 21, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2020 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.