SalariosDireitosNa reunião de negociação para revisão do AE – Acordo de Empresa na CP, hoje realizada com o governo/administração, continuámos perante a falta de proposta para aumentar os salários de todos os trabalhadores, através do crescimento da tabela salarial.

Certamente que os ferroviários gostam de ouvir os agradecimentos dos governantes, mas querem mais que isso, querem ver valorizados os seus salários.

Nos últimos 10 anos, o salário mínimo nacional cresceu 185€, a diferença dos salários na CP é de 36€. Será que o governo/administração querem que os salários sejam o mínimo nacional?

Um acordo no actual processo de negociação só é possível com o aumento dos salários de todos. Pela nossa parte reduzimos as divergências nas cláusulas não pecuniários ao mínimo, mas tudo depende da apresentação de valores no sentido do que defendemos, pelo que aguardamos respostas nos próximos dias.

Sem trabalhadores a situação actual da CP fica pior, pelo que é preciso valorizar quem trabalha.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Visitantes

Temos 55 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo