SindicatoForteNos termos do ACT da IP, as matérias pecuniárias vigoram até ao final do ano, pelo que tem que ser objecto de negociação os novos valores do próximo ano.

Não basta apresentar as propostas, temos que ter força para as negociar e essa é dada pela mobilização, determinação dos trabalhadores e pelo reforço da organização do SNTSF, o Sindicato da FECTRANS/CGTP-IN no sector ferroviário.

AS NOSSAS PROPOSTAS

Aumento dos salários em 90€ por trabalhador, o que significa mais 3€/dia.

Salário mínimo na IP de 850€

Subsídio de refeição 10€

Diuturnidades 30€/cada

Subsídio de escala 20%

Restantes cláusulas pecuniárias- aumento de 1€

12 horas de repouso para todos os que trabalham por turnos e escalas já no início de 2020

Redução do horário de trabalho para as 35 horas

Justa integração dos trabalhadores admitidos com o processo dos precários (PREVPAP)

Justa integração dos trabalhadores da ex. EP no ACT e respetivo Regulamento de carreiras

Apesar da abertura de concursos externos, o que saudamos, reivindicamos que a empresa dê oportunidade aos atuais trabalhadores que tenham as devidas competências de acordo com a clausula 7ª nº 1 alínea b

Entrada de novos trabalhadores

Alteração de diversas clausulas no ACT:

Cláusula 18ª horário de trabalho-nª1 e 2 passar a 35 horas; nº6 não ultrapassar as 9 horas

Cláusula21ª subsídio de irregularidade igual ao subsidio de escala no que respeita ao valor

Cláusula47ª subida do subsídio de turno para 8% e 12% respectivamente

Inserir no ACT matérias que apenas estão em atas tais como as entradas ao serviço antes das 6 horas da manha após o descanso (alterar para ausência)

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Visitantes

Temos 110 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo