QueremosSalarioO governo/Administração da CP apresentou no passado dia 1 uma proposta de actualização dos salários, que certamente visa não haver acordo, já que a mesma é bastante insuficiente.

Foi apresentado um “Pacote Financeiro” de 2 Milhões de Euros, mas para 3 anos, ou seja, 666,6 mil euros por anos, para distribuir pelos cerca de 2700 trabalhadores da CP.

De acordo com a proposta este valor é para distribuir pelas seguintes cláusulas: Diuturnidades, Subsídio de Refeição, Abono de Falhas, Abono de Prevenção, Subsídio de Escala, Pagamento do dia de Feriado não Compensado e Subsídio de Transporte, sem dizerem como pretendem fazer a distribuição pelas mesmas, com excepção do Subsidio de Transporte onde propuseram um aumento de 15%.

Se fizermos as contas ao valor proposto para cada ano, a distribuir pelas cláusulas referidas dá, no seu conjunto e em termos médios, um valor pouco superior a 10€.

Um salário em 2009 de 843,45€, para manter o mesmo valor real, deveria ser hoje de 942,96€, mas com o aumento intercalar do ano passado, actualmente, é de 879,57€.

Mas quanto à tabela salarial nada apresentaram, pelo que só se pode considerar estes valores muito baixos, para fazer cumprir o acordado de aplicação desde 1 de Outubro de 2018 e de aumento dos salários para o próximo ano.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Visitantes

Temos 77 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo