SindicatoForteNo passado dia 9 de Maio, realizou-se a reunião com a Administração da EMEF para retomar o processo negocial, na qual o FECTRANS/SNTSF, assumiu a seguinte reivindicação:

  • Que independentemente da negociação que se segue, desde já a administração deve proceder à inclusão do complemento salarial na respectiva tabela salarial com efeitos a 1 de janeiro passado, conforme acordo de 27 de Abril de 2018;
  • Que se retome a negociação no ponto em que estava quando da suspensão das negociações, de forma unilateral pela administração.

Quanto á segunda questão foi aceite pela administração e quanto ao primeiro foi considerado um elemento para análise, reconhecendo que há razão no nosso argumento.

Este processo vai ser acompanhado por representantes dos Ministérios da Titela e das Finanças.

A EMEF apresenta no seu relatório de contas de 2018, um resultado positivo de 6,4 milhões de euros, pelo que não pode argumentar com dificuldades no actual processo de negociação.

Com este valor há todas as condições para que haja em 2019 aumento dos salários, porque se houve lucros, ele deve-se ao trabalho prestado pelos trabalhadores da EMEF, que a mantêm a funcionar apesar das dificuldades com que a empresa se debate.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 236 visitantes e 0 membros em linha