MarchaEMEF 031220142O mesmo governo que fala na admissão uma centena de trabalhadores para a EMEF, ainda não homologou os cerca de 80 processos do PREVAP (40 dos quais nesta empresa), nem explicou se os 102 que anuncia não são efectivamente cerca de 40.

Com efeito já questionámos, sem resposta, de que o anúncio de 102 trabalhadores para a EMEF, na prática sejam apenas 40, porque da informação que nos chega, 62 desses trabalhadores são a passagem de vínculos precários a efectivos e esses não acrescentam mais trabalhadores aos actuais.

Se assim for, os restantes 40 que vêm do exterior não chegam para colmatar as saídas de trabalhadores que irão acontecer este ano na EMEF, cerca de uma centena.

A solução dos trabalhadores com vínculos precários na EMEF faz-se pela homologação dos requerimentos do PREVPAP, cerca de 40, que aguardam, desde final de Maio que os Ministros procedam a essa formalização e os restantes, que estão a ocupar postos de trabalho permanente, basta que se cumpra a lei.

Também no âmbito do PREVAP, cerca de outros 40 trabalhadores da IP aguardam pela mesma homologação desde o inicio de Junho.

Queremos mais trabalhadores na EMEF e em todo o sector ferroviário! Não queremos propaganda!

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 99 visitantes e 0 membros em linha