#gruemenu.grue

AutocarroCPNestes dois dias a circulação ferroviária no Algarve tem estado caótica, tendo sido suprimida até hoje às 12 horas de hoje, cerca de 26 circulações, numa demonstração de, tal como dizemos, que a situação nos próximos tempos será no sentido de piorar.

Esta é uma situação que não tem resposta imediata nas medidas anunciadas pelo governo – aluguer de material e admissão de trabalhadores – porque a primeira será aluguer de material antigo e nunca antes do inicio do próximo ano e os trabalhadores para a EMEF, pelo que sabe são apenas 40 novas admissões, porque 62 já estão na empresa, embora com vínculos precários, ou seja, apesar do anúncio de uma centena, na prática o que vamos ter no final do ano, é menos trabalhadores que no ano passado na EMEF.

É justificável a insatisfação dos utentes perante a degradação do serviço na região, mas os responsáveis não são confrontados com o protesto, isso acontece com os trabalhadores, que dão o melhor para fazer quase impossíveis para assegurar um serviço com alguma qualidade e segurança.

A situação destes dias no Algarve, substituição de comboios por autocarros, torna em realidade a transformação da CP em CP-Camionetas de Portugal como foi rebatizada pelos utentes da linha do Oeste.

Tradução

ptenfrdeitrues

Noticias do sector

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 66 visitantes e 0 membros em linha