cabecalho1


 

EMEF ConselhoMinistros20Jul2017Pelas 10,30 de amanhã (3 Agosto) uma delegação do Sindicato do Sector Ferroviário – SNTSF - pertencente à FECTRANS/CGTP-IN, vai estar em frente à presidência do Conselho de Ministros, conjuntamente com trabalhadores com vínculos precários despedidos da EMEF, para exigir a reintegração destes na empresa, onde ocupavam postos de trabalho permanente e onde fazem falta como reconhecem a administração da CP/EMEF e o Ministério da Tutela, mas justificando o atraso da decisão com o Ministério das Finanças.

Aumenta o número de material imobilizado nas Oficinas de Santa Apolónia, com custos elevados para a CP, porque deixa de ter condições de manter a oferta programada o que origina redução de receitas e tem que recorrer a trabalho extraordinário que é remunerado por valores mais elevados, por isso, o serviço, a CP, a EMEF e o País só têm a ganhar com a reintegração destes trabalhadores o mais rapidamente possível.

O primeiro ministro tem que ser coerente com as suas afirmações, porque não se combate um modelo assente em baixos salários e precariedade nada fazendo para resolver as situações concretas.

Tradutor

Agenda

maio 2020
D Sb
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Informação por email

Videos

Visitantes

Temos 204 visitantes e 0 membros em linha

Hoje
Ontem
Semana
3545
3683
31499

Estatistica

Visualizações de artigos
1071420



 Av. Álvares Cabral 21, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2020 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.