precariedadeDia 16 de Dezembro, pelas 10h, o Sindicato do Sector Ferroviário, filiado na FECTRANS - SNTSF - vai levar a efeito, em frente à sede da CP, uma vigilia pelo fim do trabalho precário na EMEF, com a passagem a efectivos de todos os trabalhadores com vínculos precários.

É preciso que as declarações de intenções de combater o trabalho precário, que os compromissos assumidos pelo Governo na Assembleia da República e as disposições aprovadas em Orçamento de Estado, se tornem realidade e que prossigam as medidas de admissão dos trabalhadores necessários para a actividade da EMEF.

A cada posto de trabalho permanente deve corresponder um posto de trabalho efectivo e, por isso, saudando a entrada recente de trabalhadores para os quadros da empresa, embora em número insuficiente, não podemos deixar de protestar pelo facto de, ao mesmo tempo, estarem a fazer novos contratos com vínculos precários, com trabalhadores recentemente despedidos e que tinham sido contratados através de uma empresa de trabalho temporário (ETT) e que foram novamente readmitidos novamente com vínculos precários, após serem instruídos pela a EMEF, para se inscreverem numa outra ETT.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Noticias do sector

Visitantes

Temos 179 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo