ACTA FECTRANS reuniu ontem com a Inspectora Geral Adjunta da ACT - Autoridade para as Condições de TRabalho, para discussão da fiscalização e acompanhamento da aplicação do CCTV do sector rodoviários de mercadorias.

Por parte da Federação foi dado especial enfoque ao pagamento das rubricas devidamente descriminadas nos recibos de vencimento dos trabalhadores.

Por outro lado, tendo em conta que o presente contrato está no primeiro semestre de aplicação, a ACT pode e deve verificar as práticas de cargas e descargas, assegurar que os trabalhadores cumprem os seus descansos sem efetuar tarefas que são da responsabilidade dos clientes das empresas onde laboram.

Do que fomos informados, a ACT dispõe de forma organizada da informação necessária sobre o CCTV, pelo que agora é preciso intervir, de modo a que cada trabalhador do sector veja reflectido na sua remuneração mensal, aquilo a que os patrões estão obrigados.

O cumprimento deste acordo, tem sido uma das prioridades da intervenção sindical, porque é preciso garantir o pagamento do que é devido, assim como, de que as proteções sociais dos trabalhadores estão devidamente salvaguardadas.

Trabalhando no presente, mas desde já com os olhos postos no futuro, a FECTRANS mantém as reuniões da Comissão Paritária com a ANTRAM, e aguardamos a resposta doutros organismos de Estado, a quem solicitámos reuniões no sentido da intervenção permanente para obrigar ao cumprimento do CCTV.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 150 visitantes e 0 membros em linha