AFigueiredoNo dia 2 de janeiro próximo os trabalhadores da empresa Álvaro Figueiredo, empresa rodoviária de transporte de mercadorias, sedeada em Santiago de Riba Ul, Oliveira de Azemeis, iniciam uma greve que se prolonga até dia 9 de Janeiro.

Com esta greve os trabalhadores assumem a luta:

Pelo cumprimento rigoroso do Contracto Colectivo de Trabalho Vertical, recentemente publicado;

Pela reposição dos valores do Subsídio de natal abusivamente descontados;

Pela reposição do valor de uma diária, nos termos recentemente apresentados à administração;

Pelo respeito do descanso semanal e complementar;

Contra o “banco” de folgas;

Contra a utilização dos motoristas em tarefas de carga e descarga;

Contra a tentativa de reduzir o rendimento dos trabalhadores;

Contra a repressão aos trabalhadores.

Os contractos colectivos têm de ser respeitados e, esta é mais uma das empresas que quer continuar fora da lei.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 117 visitantes e 0 membros em linha