cabecalho1


 

COVID saude direitos salariosCom a retoma da actividade no sector rodoviário privado de passageiros exige-se o fim das situações da “layoff”, de modo a que possa, efectivamente, haver um aumento da oferta.

Agora que estão a ser anunciadas novas regras a partir de segunda feira, inseridas no aumento da oferta, é preciso que regressem aos seus postos de trabalho e que retomem os horários completos, os trabalhadores que estão na situação de “layoff”.

A partir do estado de emergência foram os trabalhadores que viram os seus salários reduzidos, depois das administrações terem despedido os que tinham contratos a prazo ou que estavam no período experimental

Agora não podem os trabalhadores continuar na mesma situação quando se anuncia a retoma de actividade também no sector dos transportes.

Tradutor

Agenda

maio 2020
D Sb
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6

Informação por email

Videos

Visitantes

Temos 83 visitantes e 0 membros em linha

Hoje
Ontem
Semana
441
3683
28395

Estatistica

Visualizações de artigos
1070523



 Av. Álvares Cabral 21, 1250-015 Lisboa - Telef: 21 845 3466 * E-mail: fectrans@fectrans.pt

Direitos de autor © 2020 FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações. Todos os direitos reservados.
Joomla! é um software livre produzido sob a licença GNU GPL.