ScotturbA gerência da SCOTTURB não respeita o principio da boa fé negocial, porque ao mesmo tempo que na mesa de negociação não responde às propostas sindicais, anda paralelamente a fazer propostas directas aos trabalhadores, de modo a condicionar a discussão.

Nesse sentido, na reunião de hoje informámos que vamos pedir a intervenção dos serviços competentes do Ministério do Trabalho, para se garantir o direito à negociação colectiva.

Face às posições que a gerência tem vindo a assumir neste processo, a FECTRANS vai fazer uma exposição à Câmara Municipal de Cascais, à Autoridade Metropolitana de Transportes e ao Ministério do Trabalho, denunciando que a gerência impor a redução dos custos do trabalho, para terem melhores condições no âmbito do concurso que está a decorrer.

Apelamos aos trabalhadores para participarem no plenário de amanhã, dia 16, às 20,30h nos bombeiros voluntários de São Pedro de Sintra

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 61 visitantes e 0 membros em linha