RodoTejoOs trabalhadores das Rodoviárias do Tejo, Lis e Oeste, iniciaram, hoje, mais um período de greve de 48 horas pelo aumento do salário, com uma adesão idêntica às anteriores, o que constitui uma resposta determinada às manobras de diversão protagonizadas pelo administração e às falsidades divulgadas acerca do rendimento dos trabalhadores.

Nos acções hoje realizadas, os trabalhadores e a sus estrutura de classe FECTRANS/STRUP, afirmam que estão dispostos a parar a greve e a assinar um acordo, se a administração garantir, por escrito, os valores de salários que divulgou – 1 300€x14 meses.

A luta continua amanhã e, entretanto, os trabalhadores estão a discutir as formas como continuará a luta pela valorização dos salários e pela concretização das suas reivindicações.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

Visitantes

Temos 95 visitantes e 0 membros em linha

Protocolo