EscolaConducaoVenezuelaOs trabalhadores da escola de condução “Venezuela”, em Benfica, foram ontem inesperadamente confrontados com o encerramento das instalações da empresa, ficando à porta e sem trabalho.

Esta medida resulta de interesses estranhos ao funcionamento da escola, já que a mesma até à bem pouco tempo angariava clientes que agora ficaram também sem as respectivas aulas e serviços contratualizados.

O Sindicato esteve hoje novamente junto dos trabalhadores que se deslocaram á ACT a exigir que a empresa cumpra a lei, porque o “lockout” é proibido na legislação portuguesa, logo, o patrão está a cometer um crime.

Na próxima semana a luta vai continuar com uma deslocação ao IMT e a outras entidades que se justificar.

Tradução

ptenfrdeitrues

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 250 visitantes e 0 membros em linha

Informação email

Agenda

No mês passado julho 2019 Próximo mês
D Sb
week 27 1 2 3 4 5 6
week 28 7 8 9 10 11 12 13
week 29 14 15 16 17 18 19 20
week 30 21 22 23 24 25 26 27
week 31 28 29 30 31

Guia da parentalidade

Ponto Seguro