escola ConducaoPerante a falta de pagamento dos salários, do trabalho suplementar e subsídio de refeição, e perante o incumprimento do Contrato Colectivo, os trabalhadores da Escola de Condução/Segurança Máxima, mandataram o Sindicato para desencadearem uma greve para o próximo dia 17 de Maio, que não se vai concretizar porque, perante a mobilização e determinação dos trabalhadores, a administração reuniu, ontem, com a estrutura sindical e assumiu o pagamento dos salários e iniciar um processo de negociação para a resolução dos restantes problemas.

Perante os resultados da reunião, os trabalhadores aprovaram a suspensão da greve e esperar pelos resultados da nova reunião a realizar no próximo dia 19.

Só se perdem as lutas que se abandonam.

Tradução

ptenfrdeitrues

Na Estrada da Luta

Boletim Na Estrada da Luta Numero 02 de Maio de 2019

4º Congresso

IPTRANS

Protocolo

Visitantes

Temos 68 visitantes e 0 membros em linha