cabecalho1

#gruemenu.grue

Porque se nega um aumento dos salários aos trabalhadores da EMEF, quando crescem todos os indicadores da empresa?

Na EMEF – Magazine de Março de 2018 são publicados os seguintes dados:

Produtividade por efectivo – Teve um crescimento de 20%

Resultados de 2017 (EBITDA) – 9,8 milhões de euros, mais 4 milhões que o ano anterior.

Com estes resultados querem que os trabalhadores continuem com salários de 2009 e com um subsídio de turno desajustado da realidade actual da empresa?

A solução imediata do actual conflito laboral, traduzida no aumento dos salários por trabalhador, nos termos que foi feito na CP e aumento do subsídio de turno, terá um custo anual inferior na ordem dos 800 mil euros, muitíssimo inferior aos 9,8 milhões de resultados da EMEF em 2017.

Os trabalhadores apenas reivindicam um aumento igual ao da CP, empresa a que a EMEF pertence e nada mais que isso, apesar da produtividade por efectivo ter crescido 20%.

Comunicado SNTSF/EMEF

Tradutor

ptenfrdeitrues

Agenda

maio 2018
D Sb
1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31

Visitantes

Temos 596 visitantes e 0 membros em linha

Informação e-mail

Subscrever

Закажите монтаж системы отопления по лучшей цене в Киеве
Para receber a informação da FECTRANS por email, basta inscrever-se aqui
captcha 

Guia da parentalidade


FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações

Avenida Álvares Cabral, 15 a 21 * 1250-015 LISBOA        Telefone: 213 242 270    Fax: 213 424 843    Email: fectrans@fectrans.pt